JESUS TE CONVIDA A PASSAR UMA HORA ESPECIAL COM ELE

Para ter uma vigília de oração constante diante do Santíssimo, precisamos assegurar-nos que em cada hora haja adoradores.

Para tanto, é necessário que cada pessoa se comprometa a tomar uma determinada hora.

Desta forma, podemos organizar todas as horas da noite, de modo que sempre haja alguém com Jesus.

A sua fé na presença de Jesus lhe ajudará a crer com convicção.

Torne-se você também um adorador (a). Faça uma experiência diante de JESUS EUCARÍSTICO

“VINDE A MIM VÓS QUE ESTAIS CANSADOS E SOBRECARREGADOS, EU VOS ALIVIAREI” (Mt 11,28).

ALEGRAI-VOS, ELE ESTÁ NO MEIO DE NÓS.

VINDE TODOS E ADOREMOS AO SALVADOR, JESUS SE FAZ PRESENTE NA SAGRADA EUCARISTIA, NÃO PERCA A OPORTUNIDADE DE ESTAR JUNTO A ELE. SEJA VOCÊ TAMBÉM UM ADORADOR DE JESUS CRISTO.

“A EUCARISTIA É O REMÉDIO DA IMORTALIDADE, O ANTÍDOTO CONTRA A MORTE” (Santo Inácio de Antioquia).



“A EUCARISTIA CONSISTE DE DUAS REALIDADES, A TERRENA E A CELESTE. POIS O PÃO QUE É TIRADO DA TERRA, NÃO É MAIS PÃO COMUM, UMA VEZ QUE ELE RECEBEU A INVOCAÇÃO DE DEUS E NÃO SE CORROMPE. PORTANTO, TAMBÉM NOSSOS CORPOS, QUANDO RECEBEM A EUCARISTIA, NÃO SÃO MAIS PASSÍVEIS DE CORRUPÇÃO, MAS POSSUEM A ESPERANÇA DA RESSURREIÇÃO PARA A ETERNIDADE”. (Santo Irineu, sec.II).

TESTEMUNHOS

Meu nome é Andreza, tenho 24 anos, e freqüento o Grupo de Oração da Santíssima Virgem há quase dois anos. Nesta noite gostaria de compartilhar com vocês um milagre que Deus fez em minha vida.

No dia 09 de Junho deste ano (2010) fui ao médico com muita dor e inchaço abdominal, o médico pediu um ultra-som de emergência que identificou um cisto de 7 cm em meu ovário direito. O médico disse que era um cisto hemorrágico bastante volumoso e que teria que retirar imediatamente para não prejudicar meus órgãos, e que como estava muito grande o cisto poderia explodir e eu ter uma hemorragia interna, além de espalhar uma infecção na minha parte pélvica, então marcou para o dia seguinte bem cedo à cirurgia.

No dia 10 de Junho cheguei ao hospital e o meu convênio havia cancelado o contrato com aquele hospital, que era o único que o meu médico poderia fazer a cirurgia, sabendo do tamanho do problema fui buscar outro médico que fizesse aquele tipo de cirurgia, porém em um hospital que o meu convênio cobrisse os gastos, já que particular a cirurgia custaria aproximadamente R$8.000,00.

No mesmo dia encontrei um hospital que atendia o convênio e cobria o tipo de cirurgia que eu necessitava, quando estava aguardando o médico vir me atender, o que não poderia ter acontecido, aconteceu, o cisto explodiu! Neste momento cai no chão, pois a dor que senti foi absurda e não suportei. Imediatamente fui medicada com morfina na veia, pois os médicos já sabiam o tamanho da dor que não passaria com analgésico, e fiz um novo ultra-som para confirmar o que o médico já havia alertado. O resultado do ultra-som que parte do cisto explodiu, espalhando infecção por todo o meu abdome. Naquele momento os médicos disseram que já não tinham mais o que fazer, e que eu teria que tomar antibióticos até a infecção abaixar, e que eles teriam que tirar meu ovário direito, e a pior notícia ele comentou em seguida, que além de tirar o ovário, eu poderia perderas trompas e que era para eu torcer muito porque as chances de eu ainda continuar com o útero eram mínimas, ou seja, não poderia mais engravidar.

Naquele momento meu mundo caiu, e o que me restava era tomar o antibiótico e fazer os exames pré-operatórios para então a retirada dos órgãos, mas não desanimei  e todos os dias conversava muito com Deus, falava que eu faria quantas cirurgias fossem necessárias, porém não queria perder o dom de ser mãe,já que esse era o meu maior sonho.

Além de freqüentar o Grupo de Oração, vou à missa todos os domingos. Na primeira missa após essa história expliquei bem resumidamente o ocorrido ao Frei Sebastião, que imediatamente me respondeu que não seria nada, e que daria tudo certo. Na semana seguinte no Grupo eu expliquei também ao Ivan o ocorrido, que me disse que eu sairia dessa bem. Com toda minha fé permaneci em comunhão com Deus, e quando os exames pré-operatório ficaram prontos veio a grande surpresa, a grande graça de Deus, o cisto tinha sumido por completo e que eu já não tinha mais infecção nenhuma. Repeti o ultra-som para a confirmação dos médicos, pois para eles o que aconteceu era impossível, e graças a Deus eu estava curada e não precisaria de nenhuma cirurgia mais, e que todos os meus órgãos estavam em perfeito estado.

Só tenho a agradecer a Deus pela graça alcançada e todas as pessoas que me apresentaram nas orações.

Testemunho prestado na missa das 19:30hs no dia 12 de agosto de 2010.