JESUS TE CONVIDA A PASSAR UMA HORA ESPECIAL COM ELE

Para ter uma vigília de oração constante diante do Santíssimo, precisamos assegurar-nos que em cada hora haja adoradores.

Para tanto, é necessário que cada pessoa se comprometa a tomar uma determinada hora.

Desta forma, podemos organizar todas as horas da noite, de modo que sempre haja alguém com Jesus.

A sua fé na presença de Jesus lhe ajudará a crer com convicção.

Torne-se você também um adorador (a). Faça uma experiência diante de JESUS EUCARÍSTICO

“VINDE A MIM VÓS QUE ESTAIS CANSADOS E SOBRECARREGADOS, EU VOS ALIVIAREI” (Mt 11,28).

ALEGRAI-VOS, ELE ESTÁ NO MEIO DE NÓS.

VINDE TODOS E ADOREMOS AO SALVADOR, JESUS SE FAZ PRESENTE NA SAGRADA EUCARISTIA, NÃO PERCA A OPORTUNIDADE DE ESTAR JUNTO A ELE. SEJA VOCÊ TAMBÉM UM ADORADOR DE JESUS CRISTO.

“A EUCARISTIA É O REMÉDIO DA IMORTALIDADE, O ANTÍDOTO CONTRA A MORTE” (Santo Inácio de Antioquia).



“A EUCARISTIA CONSISTE DE DUAS REALIDADES, A TERRENA E A CELESTE. POIS O PÃO QUE É TIRADO DA TERRA, NÃO É MAIS PÃO COMUM, UMA VEZ QUE ELE RECEBEU A INVOCAÇÃO DE DEUS E NÃO SE CORROMPE. PORTANTO, TAMBÉM NOSSOS CORPOS, QUANDO RECEBEM A EUCARISTIA, NÃO SÃO MAIS PASSÍVEIS DE CORRUPÇÃO, MAS POSSUEM A ESPERANÇA DA RESSURREIÇÃO PARA A ETERNIDADE”. (Santo Irineu, sec.II).

sexta-feira, 24 de julho de 2009

ELE ESTÁ NO MEIO DE NÓS.


Durante a última ceia, Jesus transformou o pão e o vinho no seu próprio corpo e sangue. Ao mesmo tempo mandou os seus Apóstolos repetirem a mesma ação sagrada no futuro. “Fazei isto em minha memória”.

Uma vez que o pão e o vinho se tenham transformado em seu corpo e sangue, Ele se faz presente na Sagrada Eucaristia, não somente durante a Santa Missa, mas enquanto as hóstias consagradas na Missa continuarem mantendo as aparências de pão.

Na igreja primitiva, a adoração a Jesus Eucarístico se praticava apenas dentro da Missa. A devoção ao Santíssimo Sacramento como se conhece atualmente, desenvolveu-se lenta e gradualmente.

Os cristãos demoraram algum tempo para perceberem o tesouro que tinham na Eucaristia. Somente no século XII é que se iniciou o costume de se reservar a Sagrada Eucaristia para a adoração dos cristãos fora da Missa. A partir daí, a devoção ao Santíssimo Sacramento desenvolveu-se rapidamente.

A partir do momento em que se começou a estender a devoção Sagrada Eucaristia fora da Missa, algumas práticas se tornaram universais: a festa de Corpus Christi, a exposição e benção com o Santíssimo Sacramento e a devoção das Quarentas Horas.

A festa de Corpus Christi, do Corpo de Cristo, originou-se na diocese de Liege, na Bélgica, no ano de 1246 e dezoito anos mais tarde o Papa Urbano IV estendeu-se a toda a igreja. Esta festa é celebrada sempre na quinta feira seguinte ao domingo da Santíssima Trindade.

A benção do Santíssimo Sacramento foi introduzida gradualmente a partir da festa de Corpus Christi. Tornou-se costume expor o Santíssimo Sacramento para adoração dos fiéis, e logo se desenvolveu o costume de os presentes serem abençoados pelo sacerdote com o Santíssimo Sacramento. É a benção do próprio Jesus na Sagrada Eucaristia. O rito da benção tal como conhecemos, remonta ao século XIV.

A devoção das Quarentas Horas foi iniciada em Milão, no século XVI. Consiste de 40 horas de adoração ao Santíssimo Sacramento exposto, em referência às 40 horas em que o corpo de Jesus permaneceu no sepulcro.

Verdadeiramente para todos nós isso é um mistério de fé. Não estão mais ali apenas pão e vinho, porque Jesus Cristo nos afirmou ao instituir a Eucaristia: “isto é o meu corpo”, “isto é o meu sangue”.

Nenhum comentário: