JESUS TE CONVIDA A PASSAR UMA HORA ESPECIAL COM ELE

Para ter uma vigília de oração constante diante do Santíssimo, precisamos assegurar-nos que em cada hora haja adoradores.

Para tanto, é necessário que cada pessoa se comprometa a tomar uma determinada hora.

Desta forma, podemos organizar todas as horas da noite, de modo que sempre haja alguém com Jesus.

A sua fé na presença de Jesus lhe ajudará a crer com convicção.

Torne-se você também um adorador (a). Faça uma experiência diante de JESUS EUCARÍSTICO

“VINDE A MIM VÓS QUE ESTAIS CANSADOS E SOBRECARREGADOS, EU VOS ALIVIAREI” (Mt 11,28).

ALEGRAI-VOS, ELE ESTÁ NO MEIO DE NÓS.

VINDE TODOS E ADOREMOS AO SALVADOR, JESUS SE FAZ PRESENTE NA SAGRADA EUCARISTIA, NÃO PERCA A OPORTUNIDADE DE ESTAR JUNTO A ELE. SEJA VOCÊ TAMBÉM UM ADORADOR DE JESUS CRISTO.

“A EUCARISTIA É O REMÉDIO DA IMORTALIDADE, O ANTÍDOTO CONTRA A MORTE” (Santo Inácio de Antioquia).



“A EUCARISTIA CONSISTE DE DUAS REALIDADES, A TERRENA E A CELESTE. POIS O PÃO QUE É TIRADO DA TERRA, NÃO É MAIS PÃO COMUM, UMA VEZ QUE ELE RECEBEU A INVOCAÇÃO DE DEUS E NÃO SE CORROMPE. PORTANTO, TAMBÉM NOSSOS CORPOS, QUANDO RECEBEM A EUCARISTIA, NÃO SÃO MAIS PASSÍVEIS DE CORRUPÇÃO, MAS POSSUEM A ESPERANÇA DA RESSURREIÇÃO PARA A ETERNIDADE”. (Santo Irineu, sec.II).

sábado, 28 de novembro de 2009

SANTO ANDRÉ APÓSTOLO - 30 DE NOVEMBRO.

André no início foi discípulo de João Batista até que se aproximou de Jesus. O chamado de André é assim narrado nos Evangelhos: João viu Jesus aproximar-se e disse: “Eis o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo. É este de quem eu disse: depois de mim vem alguém que passou adiante de mim, porque existia antes de mim. Eu não o conhecia, mas se vim batizar com água, é para que ele se torne conhecido em Israel”. E João deu testemunho, dizendo: “Eu vi o Espírito descer do céu em forma de pomba e permanecer sobre ele. Eu não o conhecia, mas quem me enviou para batizar com água me disse: ‘Aquele sobre quem vires descer o Espírito e permanecer, esse é que batiza no Espírito Santo’. Eu vi e dou testemunho de que este é o Filho de Deus”. (Jo 1, 29-34).
No dia seguinte, João se achava lá de novo, com dois de seus discípulos. Ao ver Jesus que passava, disse “Eis o cordeiro de Deus” Os dois discípulos ouviram-no falar e seguiram Jesus. Jesus, voltando-se e vendo que o seguiam, disse-lhes: “Que procurais?” Eles disseram: “Rabi (que quer dizer Mestre), onde moras?” Disse-lhes Jesus: “Vinde e vede”. Então eles Foram, e viram onde morava e permaneceram com ele aquele dia. Era à hora décima aproximadamente. (Jo 1, 35-39).
André, o irmão de Simão Pedro, era um dos dois que ouviram as palavras de João e seguiram a Jesus. Ao encontrar seu irmão, André lhe diz: “Nós encontramos o Messias, que é o Cristo” (Jo 1, 41). E levou-o a Jesus, que olhando-o disse: “Tu és Simão, filho de Jonas, doravante chamar-te-ás Cefas” (que quer dizer Pedra).
Ouvindo estas palavras deixaram de seguir João Batista para acompanhar o próprio Cristo.
Este é, segundo a narrativa de São João, o primeiro encontro de André com Jesus. André e Pedro, contudo, não ficaram definitivamente com o Divino Mestre, mas voltaram às suas ocupações de pescadores. Dias depois, Jesus, passando pela praia do Lago de Tiberíades, pelas bandas de Cafarnaum, tendo-os encontrado quando lavavam as redes, disse-lhes: “Segui-me, e eu vos farei pescadores de homens”. Eles, deixando imediatamente as redes, O seguiram (Mt 4,18). Com estas palavras, deu-se o chamado oficial de André como apóstolo junto com seu irmão Pedro.
André é reconhecido pela Liturgia como o "protocleto", ou seja, o primeiro chamado.
Santo André no milagre da multiplicação disse a Jesus: ”Está aqui um menino que tem cinco pães e dois peixes; mas que é isto para tanta gente”. (Jo 6,9).
Podemos observar uma segunda intervenção de André. Havia alguns gentios que desejavam ver Jesus de perto e se aproximaram de Filipe, dizendo: “Senhor, queremos ver Jesus”. Filipe falou com André: e os dois foram falar com Jesus (Jo 12, 21-22).
Conta-nos a Tradição que depois do batismo no Espírito Santo em Pentecostes, Santo André teria ido pregar o Evangelho na região dos mares Cáspio e Negro.
Apóstolo da coragem e alegria Santo André foi fundador das igrejas na Acaia, onde testemunhou Jesus com o seu próprio sangue, já que foi martirizado numa cruz em forma de X no dia 30 de novembro, a qual recebeu do Santo este elogio: “Salve santa Cruz, tão desejada, tão amada”. “Tira-me do meio dos homens e entrega-me ao meu Mestre e Senhor, para que eu de ti receba o que por ti me salvou”.

Nenhum comentário: