JESUS TE CONVIDA A PASSAR UMA HORA ESPECIAL COM ELE

Para ter uma vigília de oração constante diante do Santíssimo, precisamos assegurar-nos que em cada hora haja adoradores.

Para tanto, é necessário que cada pessoa se comprometa a tomar uma determinada hora.

Desta forma, podemos organizar todas as horas da noite, de modo que sempre haja alguém com Jesus.

A sua fé na presença de Jesus lhe ajudará a crer com convicção.

Torne-se você também um adorador (a). Faça uma experiência diante de JESUS EUCARÍSTICO

“VINDE A MIM VÓS QUE ESTAIS CANSADOS E SOBRECARREGADOS, EU VOS ALIVIAREI” (Mt 11,28).

ALEGRAI-VOS, ELE ESTÁ NO MEIO DE NÓS.

VINDE TODOS E ADOREMOS AO SALVADOR, JESUS SE FAZ PRESENTE NA SAGRADA EUCARISTIA, NÃO PERCA A OPORTUNIDADE DE ESTAR JUNTO A ELE. SEJA VOCÊ TAMBÉM UM ADORADOR DE JESUS CRISTO.

“A EUCARISTIA É O REMÉDIO DA IMORTALIDADE, O ANTÍDOTO CONTRA A MORTE” (Santo Inácio de Antioquia).



“A EUCARISTIA CONSISTE DE DUAS REALIDADES, A TERRENA E A CELESTE. POIS O PÃO QUE É TIRADO DA TERRA, NÃO É MAIS PÃO COMUM, UMA VEZ QUE ELE RECEBEU A INVOCAÇÃO DE DEUS E NÃO SE CORROMPE. PORTANTO, TAMBÉM NOSSOS CORPOS, QUANDO RECEBEM A EUCARISTIA, NÃO SÃO MAIS PASSÍVEIS DE CORRUPÇÃO, MAS POSSUEM A ESPERANÇA DA RESSURREIÇÃO PARA A ETERNIDADE”. (Santo Irineu, sec.II).

domingo, 21 de fevereiro de 2010

EUCARISTIA: DOM QUE FAZ O HOMEM ENTRAR EM SINTONIA COM DEUS


Deus, infinitamente perfeito, criou o homem e o fez participar da sua vida. Ele o criou a sua própria imagem e semelhança e, por amor, desejou estar muito próximo de sua criatura. Dessa forma, enviou o seu Filho único, que se encarnou no seio de uma criatura muito especial, a Virgem Maria, e se fez homem entre os homens.

A humanidade também deseja estar muito próxima do seu Criador. No entanto, quando o homem nas suas buscas e incertezas procura reconhecer a Deus somente por meio da razão, encontra muitas dificuldades, pois não é capaz de explicar o que é inexplicável, nem entrar na intimidade do Divino.

Somente pela fé é que Deus se revela àqueles que O buscam. É através da fé que o homem é capaz de entrar em sintonia com o Divino e reconhecê-lo no rosto de uma criança e na Eucaristia.

Eucaristia, Mistério de Fé

“Tu és grande, Senhor, e muito digno de louvor (...). Tu nos fizeste para ti e o nosso coração não descansa enquanto não repousar em ti”. (Santo Agostinho)

O homem, pela graça de Deus e por sua própria natureza e vocação, é capaz de entrar em comunhão com Jesus Cristo por meio da Eucaristia. Todos os que vivem este mistério, testemunham maravilhados a fé diante do Pão e do Vinho, que se transformam em Corpo e Sangue de Jesus. Deus dá a todo homem a possibilidade de penetrar profundamente nesse mistério de fé, tornando-o sublime, essencial e vital para a sua própria vida.

Dessa forma, Jesus Cristo presente verdadeiramente na Eucaristia com o seu Corpo e o seu Sangue, revela a sua alma e a sua divindade e, nas espécies Eucarísticas do pão e do vinho, torna-se presente por inteiro: como Deus e como homem. A cada homem Deus oferece-se como um dom, especialmente aos que possuem um coração aberto e ansioso por acolher este mistério de fé.

Certos que por meio da Santa Eucaristia e pela ação do Espírito Santo, Deus se revela a todo aquele que o deseja, pensemos nas palavras de São Tomás de Aquino, que nos ajuda a compreender esse grandioso mistério do Santíssimo Corpo e Sangue de Cristo: “Nada vês nem compreendes, mas te afirma a fé mais viva, para além das leis da Terra. Sob espécies diferentes, que não passam de sinais, é que está o dom de Deus”.

Eucaristia, Fonte de Unidade

“A Igreja e o mundo precisam do culto eucarístico. Jesus nos espera neste sacramento do amor. Não percamos tempo para ir encontrá-lo na adoração, na contemplação cheia de fé e aberta a reparar as faltas graves e os delitos do mundo. Que a nossa adoração nunca cesse!”
(João Paulo II)

O saudoso Papa João Paulo II, na sua Carta Encíclica “Ecclesia de Eucharistia”, lembra-nos que “a Igreja vive da Eucaristia”. O Senhor ressuscitado, por meio do seu Espírito, alimenta e sustenta sua Igreja com o sacramento do seu Corpo e do seu Sangue.

Receber a Eucaristia, contemplá-la e adorá-la é tarefa de toda a Igreja unida entre si pelos vínculos da caridade fraterna e da unidade na fé. É dessa forma que a Igreja encontra o seu centro vital, pois a Eucaristia é o ápice de toda vida cristã. Por meio dela Cristo se faz presente na vida do ser humano de todos os tempos, épocas e lugares.

Na certeza que há uma profunda comunhão da vida divina com a humanidade e uma intensa unidade que se alicerça por meio da Eucaristia, testemunhamos que o sacramento Eucarístico renova a entrega e o sacrifício de Cristo, que uni-se ao sacrifício da humanidade. Por sua vez, homens e mulheres do mundo todo devem oferecer a Deus como gratidão o dom da própria vida, o louvor, o seu sofrimento, as suas preces, e os frutos do seu trabalho. Essas ofertas tornam-se muito agradáveis a Deus e adquirem, diante do altar, um grandioso valor, pois são ofertas generosas dadas com amor.

Eucaristia, Mistério da Presença Real de Cristo
Na eucaristia nós partimos “o único pão que é remédio de imortalidade, antídoto para não morrer, mas para viver em Jesus Cristo para sempre”.(Santo Inácio de Antioquia)

É questão de fé crer que sob as espécies Eucarísticas do Pão e do Vinho Jesus encontra-se aí presente de forma real. Ao comungarmos e adorarmos a Eucaristia, Cristo se revela por inteiro e não apenas uma parte dele.

Dessa forma, tanto na comunhão das partículas consagradas, assim como na Adoração Eucarística, temos a certeza de que estamos diante do Cristo vivo e verdadeiro.
Então, a Eucaristia, mistério da presença real de Cristo, passa a ser o amor encarnado do Pai entre nós. Por meio da santa Eucaristia podemos fazer memória de Cristo na sua paixão, morte e ressurreição, vivendo misteriosamente as três dimensões do tempo: o passado, o presente e o futuro.

Nesse instante sublime recordemos também o que Jesus realizou em nosso benefício quando, aos pés da cruz, confiou a sua mãe o discípulo amado, e nele, cada um de nós.
Portanto, receber o Corpo e Sangue de Jesus na Eucaristia ou Adorá-lo diante do ostensório devem constituir para quem crê um momento especial de intimidade, alegria, partilha e oferta da própria vida.

A adoração ao Santíssimo Sacramento pode nos levar a uma profunda intimidade com o Senhor. Podemos dizer que quando experimentamos a graça da Eucaristia, há uma sensação de união com Deus sem intermediários que nos faz capazes de ouvir a sua voz que nos diz: “Eis aí a tua mãe!”. E nessa sensação de intimidade, com os olhos fixos em Cristo, desejamos levar no nosso coração, como discípulos muito amados, Maria, reconhecendo que ela é capaz de nos levar à presença viva de seu Filho no Santíssimo Sacramento do Altar.

Eucaristia, Fonte de Conhecimento da Verdade
“ (...) Deus, nosso Salvador, deseja que todos os homens se salvem e cheguem ao conhecimento da verdade” (1Tm 2,4).

Portanto, podemos afirmar que Deus deseja iluminar o homem com a sua revelação: na Eucaristia Deus se faz alimento, que sacia a fome espiritual e a nossa necessidade de compreensão.

Por isso é que Cristo deve ser amado, adorado e anunciado a todos os homens da Terra. Esta é a missão a que Deus nos convida!

Everenice Schiavon Ara
Paróquia Santíssima Virgem

A Boa Notícia - Fevereiro de 2010

Nenhum comentário: