JESUS TE CONVIDA A PASSAR UMA HORA ESPECIAL COM ELE

Para ter uma vigília de oração constante diante do Santíssimo, precisamos assegurar-nos que em cada hora haja adoradores.

Para tanto, é necessário que cada pessoa se comprometa a tomar uma determinada hora.

Desta forma, podemos organizar todas as horas da noite, de modo que sempre haja alguém com Jesus.

A sua fé na presença de Jesus lhe ajudará a crer com convicção.

Torne-se você também um adorador (a). Faça uma experiência diante de JESUS EUCARÍSTICO

“VINDE A MIM VÓS QUE ESTAIS CANSADOS E SOBRECARREGADOS, EU VOS ALIVIAREI” (Mt 11,28).

ALEGRAI-VOS, ELE ESTÁ NO MEIO DE NÓS.

VINDE TODOS E ADOREMOS AO SALVADOR, JESUS SE FAZ PRESENTE NA SAGRADA EUCARISTIA, NÃO PERCA A OPORTUNIDADE DE ESTAR JUNTO A ELE. SEJA VOCÊ TAMBÉM UM ADORADOR DE JESUS CRISTO.

“A EUCARISTIA É O REMÉDIO DA IMORTALIDADE, O ANTÍDOTO CONTRA A MORTE” (Santo Inácio de Antioquia).



“A EUCARISTIA CONSISTE DE DUAS REALIDADES, A TERRENA E A CELESTE. POIS O PÃO QUE É TIRADO DA TERRA, NÃO É MAIS PÃO COMUM, UMA VEZ QUE ELE RECEBEU A INVOCAÇÃO DE DEUS E NÃO SE CORROMPE. PORTANTO, TAMBÉM NOSSOS CORPOS, QUANDO RECEBEM A EUCARISTIA, NÃO SÃO MAIS PASSÍVEIS DE CORRUPÇÃO, MAS POSSUEM A ESPERANÇA DA RESSURREIÇÃO PARA A ETERNIDADE”. (Santo Irineu, sec.II).

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

NOSSA SENHORA DO ROSÁRIO - 7 DE OUTUBRO


A ORIGEM DO ROSÁRIO

Ainda que não seja possível datar com precisão as suas origens históricas, podemos afirmar que a forma hoje universalmente difundida da oração do rosário se desenvolveu na segunda metade do século XV, com base em duas antigas tradições que foram unidas e acrescidas de um terceiro elemento importante.

A primeira tradição foi o uso muito antigo de contar as orações orais com a ajuda de grãos ou pedrinhas. Posteriormente, lançou-se mão de uma cordinha munida de pérolas ou grãos, quando, então, na maioria das vezes, a oração repetida ao ritmo desta cadeia era o Pai Nosso.

A partir do século XII a Ave Maria difundiu-se sempre mais. Começou-se a repetir também esta oração através de cordinha com nós ou contas e, por fim, a oração da Ave Maria foi unida ao Pai Nosso. Alguns usos particulares praticados no início, sobretudo na ordem dominicana, aos poucos introduziram o hábito geral de unir a um número fixo de Pai Nosso e Ave Maria, a contemplação de determinada verdade cristã.

A contemplação hoje habitual dos mistérios da vida, paixão e glorificação de Jesus Cristo é atestada, com certeza, a partir de 1480. Durante séculos, a tradição considerou São Domingos como o verdadeiro criador do rosário. Não é possível apresentar provas decisivas neste sentido, mas o certo é que as origens do rosário devem ser procuradas precisamente no fundador d a ordem dos pregadores no início do século XIII.

Em todo caso, São Domingos e a sua ordem permaneceram através dos tempos e até hoje, um símbolo da difusão desta oração por meio da pregação, dos escritos e das associações. Outras ordens, como a Companhia de Jesus, o adotaram e contribuíram de maneira significativa para a sua difusão em toda a Igreja.
(Frei Sebastião Benito Quaglio ofmc – A Boa Notícia, Janeiro/09).

FESTA DE NOSSA SENHORA DO ROSÁRIO

O Papa Pio V instituiu a festa de Nossa Senhora do Rosário como ação de graças pela vitória de Lepanto, obtida em 1571, na batalha naval contra os turcos maometanos. A armada católica comandada por D.João d´Áustria conseguiu ser vencedora quando, pelos cálculos humanos, isso parecia impossível: é que o Papa havia pedido que, em todas as comunidades, se rezasse o rosário. Em 1716, a festividade foi estendida a toda a Igreja.

A festa mariana de 7 de outubro serve para reconhecer a proteção que a Virgem Maria concede à Igreja pela recitação do rosário. Inicialmente, surgiu como gratidão pela proteção alcançada na batalha de Lepanto, em 1571; ao mesmo tempo, a celebração desse dia nos convida a meditar, por meio da devoção a Maria, os Mistérios de Cristo, nosso Salvador, pois a Virgem Maria esteve associada à Encarnação, Paixão e Ressurreição de seu filho Jesus, nosso Mestre e Redentor.
(O mensageiro de Santo Antônio, outubro/09)

ORAÇÃO CONTEMPLATIVA

A oração do rosário contempla os principais eventos que se cumpriram em Jesus Cristo. Da encarnação no seio da Virgem Maria aos mistérios da infância, da vida pública aos mistérios da páscoa, da Igreja nascente em Pentecostes, e sobre a Virgem Maria, na sua assunção em corpo e alma à pátria celeste. É uma oração centrada no mistério da encarnação, redentora, uma oração que nos coloca em comunhão com a vida de Jesus Cristo e se torna também louvor a Cristo, finalidade última do a núncio do anjo e da saudação de Isabel, “Bendito é o fruto do seu ventre”(Lc 1,42).

A contemplação é essencial na oração do rosário. Sem a contemplação a repetição da Ave Maria acaba se tornando mecânica uma fórmula sem sentido.
Por sua natureza, a oração do rosário exige do fiel um ritmo tranqüilo que favoreça a possibilidade de meditação dos mistérios da vida do Senhor, vistos através do coração daquela que, do Senhor, foi a mais próxima, sua mãe, a Virgem Maria.
(Clemilson Teodoro, missionário da Imaculada Padre Kolbe – Revista O Milite, outubro/09)

Nenhum comentário: